Quem sou eu

Minha foto
Sao Paulo, SP, Brazil
Uma pessoa que adora ficar na cozinha preparando quitutes

Pesquisar este blog

Carregando...

quinta-feira, 26 de maio de 2011

quinta-feira, 31 de março de 2011

A historia do ovo e outros simbolos

O hábito de dar ovos de verdade vem da tradição pagã. O hábito de trocar ovos de chocolate surgiu na França. Antes disso, eram usados ovos de galinha para celebrar a data.

A tradição de presentear com ovos – de verdade mesmo – é muito, muito antiga. Na Ucrânia, por exemplo, centenas de anos antes de era cristã já se trocavam ovos pintados com motivos de natureza – lá eles têm até nome, pêssanka – em celebração à chegada da primavera.

ovos da pascoa A História do Ovo e Outros Símbolos da Páscoa fotos

Os chineses e os povos do Mediterrâneo também tinham como hábito dar ovos uns aos outros para comemorar a estação do ano. Para deixá-los coloridos, cozinhavam-nos com beterrabas.

Mas os ovos não eram para ser comidos. Eram apenas um presente que simbolizava o início da vida. A tradição de homenagear essa estação do ano continuou durante a Idade Média entre os povos pagãos da Europa.

Eles celebravam Ostera, a deusa da primavera, simbolizada por uma mulher que segurava um ovo em sua mão e observava um coelho, representante da fertilidade, pulando alegremente ao redor de seus pés.

Os cristãos se apropriaram da imagem do ovo para festejar a Páscoa, que celebra a ressurreição de Jesus – o Concílio de Nicéia, realizado em 325, estabeleceu o culto à data. Na época, pintavam os ovos (geralmente de galinha, gansa ou codorna) com imagens de figuras religiosas, como o próprio Jesus e sua mãe, Maria.

easter eggs 02 A História do Ovo e Outros Símbolos da Páscoa fotos

Na Inglaterra do século X, os ovos ficaram ainda mais sofisticados. O rei Eduardo I (900-924) costumava presentear a realeza e seus súditos com ovos banhados em ouro ou decorados com pedras preciosas na Páscoa. Não é difícil imaginar por que esse hábito não teve muito futuro.

ovos da russia A História do Ovo e Outros Símbolos da Páscoa fotos

Foram necessários mais 800 anos para que, no século XVIII, confeiteiros franceses tivessem a idéia de fazer os ovos com chocolate – iguaria que aparecera apenas dois séculos antes na Europa, vinda da então recém-descoberta América. Surgido por volta de 1500 a.C., na região do golfo do México, o chocolate era considerado sagrado pelas civilizações Maia e Asteca. A imagem do coelho apareceu na mesma época, associada à criação por causa de sua grande prole.

Na antigüidade os egípcios e persas costumavam tingir ovos com cores da primavera e presentear os amigos. Para os povos antigos o ovo simbolizava o nascimento. Por isso, os persas acreditavam que a Terra nascera de um ovo gigante.

easter eggs 01 A História do Ovo e Outros Símbolos da Páscoa fotos

Em alguns lugares as crianças montam seus próprios ninhos e acreditam que o coelhinho da Páscoa coloca seus ovinhos. Em outros, as crianças procuram os ovinhos escondidos pela casa, como acontece nos Estados Unidos.

O chocolate

pascoa amor A História do Ovo e Outros Símbolos da Páscoa fotos

Essa história tem seu início com as civilizações dos Maias e Astecas, que consideravam o chocolate como algo sagrado, tal qual o ouro. Os astecas usavam-no como moeda.

Na Europa aparece a partir do século XVI, tornando-se popular rapidamente. Era uma mistura de sementes de cacau torradas e trituradas, depois juntada com água, mel e farinha. O chocolate, na história, foi consumido como bebida. Era considerado como alimento afrodisíaco e dava vigor. Por isso, era reservado, em muitos lugares, aos governantes e soldados. Os bombons e ovos, como conhecemos, surgem no século XX.

O Coelho da Páscoa

easterbasket2006 A História do Ovo e Outros Símbolos da Páscoa fotos

A figura do coelho está simbolicamente relacionada à esta data comemorativa, pois este animal representa a fertilidade. O coelho se reproduz rapidamente e em grandes quantidades. Entre os povos da antiguidade, a fertilidade era sinônimo de preservação da espécie e melhores condições de vida, numa época onde o índice de mortalidade era altíssimo. No Egito Antigo, por exemplo, o coelho representava o nascimento e a esperança de novas vidas.

Mas o que a reprodução tem a ver com os significados religiosos da Páscoa? Tanto no significado judeu quanto no cristão, esta data relaciona-se com a esperança de uma vida nova. Já os ovos de Páscoa (de chocolate, enfeites, jóias), também estão neste contexto da fertilidade e da vida.

easter07 A História do Ovo e Outros Símbolos da Páscoa fotos

A figura do coelho da Páscoa foi trazido para a América pelos imigrantes alemães, entre o final do século XVII e início do XVIII.

Curiosidades

ovo pascoa m A História do Ovo e Outros Símbolos da Páscoa fotos

Os ovos de Páscoa mais famosos do mundo nem são ovos de comer: um joalheiro russo, Carl Fabergé, fez seus ovos de ouro, prata e pedras preciosas. Abertos, revelavam pequenas imagens de pessoas, animais, plantas ou prédios, e eram dados como presentes pelo imperador russo aos amigos.

Leia esta matéria completa no Novo Milênio.

9604avi1b A História do Ovo e Outros Símbolos da Páscoa fotos 9604avi1c A História do Ovo e Outros Símbolos da Páscoa fotos

9604avi1d A História do Ovo e Outros Símbolos da Páscoa fotos ovos russos A História do Ovo e Outros Símbolos da Páscoa fotos

Fontes: Sua Pesquisa.com , Brasil Escola , Wikipédia , Arteducação.

Leia também História da Páscoa e seus Significados e Vitrines de Páscoa.

quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

Bacalhau Peixe destemido para o Ano Novo

Ano Novo




Muita Paz e Amor para todos NOS 
FOFIS


Musse com calda de romã


Ingredientes

· 3 claras
· 3 colheres (sopa) de açúcar
· 250 g de chocolate branco
· 1 lata de creme de leite
· 1/2 xícara (chá) de água
· 1/4 de xícara (chá) de groselha
· Sementes de 3 romãs
· 1 colher (sobremesa) de suco de limão

Modo de preparo

Bata as claras em neve, junte o açúcar e continue batendo até obter picos firmes. Derreta o chocolate em banho-maria, retire do fogo e junte o creme de leite. Misture delicadamente as claras com o creme de chocolate. Distribua em taças individuais e leve-as à geladeira. Em uma panela, coloque a água, a groselha e leve ao fogo alto até ferver. Acrescente as sementes de romã, desligue o fogo e misture o suco de limão. Deixe esfriar e distribua sobre as musses.

Dica: Romã é a fruta da sorte. Comê-la no réveillon significa muita sorte durante o ano.
 

Lentilha fica mais saborosa refogada com especiarias



Lentilha é sinônimo de sorte no Ano-Novo, certo? Pois se você costuma seguir a tradição que tem origem na Europa, saiba que esse grão é rico em fibras. Portanto, ajuda no funcionamento intestinal e na regulação das taxas de açúcar presente no organismo.
Para conquistar os paladares na ceia do Réveillon, uma dica é preparar o alimento com ingredientes de sabor acentuado, para deixá-lo mais interessante.
Experimente esta versão com bastante tempero e um toque de bacon.

Ingredientes2 colheres (sopa) de óleo
2 dentes de alho amassados
1 cebola grande picada
1 colher (chá) de açafrão-da-terra em pó
1/2 colher (sopa) de coentro em pó
1/2 colher (chá) de cominho em pó
650 ml de água fervente
50 g de amêndoas torradas picadas
1 xícara (chá) de lentilha
1 colher (sopa) de extrato de tomate
1 cubo de caldo de bacon pronto
1 pitada de pimenta-do-reino-preta moída
1 pitada de açúcar
Sal a gosto

Modo de preparo Aqueça o óleo e doure o alho, a cebola, o açafrão, o coentro e o cominho. Adicione a lentilha e o extrato de tomate e misture bem. Coloque a água com o caldo já dissolvido e aguarde a fervura.

Em seguida, adicione a pimenta, o açúcar e o sal, abaixe o fogo e cozinhe por 35 minutos ou até que as lentilhas estejam macias, mexendo de vez em quando. Prove o tempero e junte as amêndoas.

*Receita cedida pela Kitano
R7

sábado, 25 de dezembro de 2010

saiba o que fazer com o que sobrou do jantar de Natal


Velório da ceia: saiba o que fazer com o que sobrou do jantar natalino
Dicas simples ajudam a tranformar as sobras em pratos deliciosos/SXC
Depois de uma ceia farta, cheia de pratos deliciosos, sempre vem aquela pergunta: o que fazer com as sobras?  Jogar fora nem pensar. Que tal então adaptar os quitutes natalinos para o almoço ou jantar do dia seguinte? Confira as dicas da banqueteira Carla Elage, do buffetBrilat Gourmet e veja como isso é possível.

“Como nenhuma das carnes tradicionalmente consumidas na ceia é crua, tudo o que foi servido pode ser reutilizado se armazenado adequadamente”, considera Carla. E para começar, a profissional sugere transformar as carnes de peru, chester ou pernil em tortas. Além disso, o bacalhau também pode virar uma brandade. “Já com o tender, dá para fazer um delicioso sanduíche com pão francês bem fresquinho”, revela.

Aprenda a fazer brandade de bacalhau

Outra opção é cortar as carnes e juntá-las com o que sobrou do arroz. Acrescentando alguns legumes picadinhos, pode-se ter um saboroso arroz de forno. “Lembre de gratinar com queijo parmesão”, destaca a profissional, assim, além de gostoso, o prato ainda fica muito mais bonito.

Confira a receita do arroz à grega de tender

Guarde os alimentos corretamente
Antes de começar a misturar as sobras, é importante saber como armazenar os alimentos de forma adequada. A banqueteira diz que eles podem ser mantidos na travessa de serviço ou serem colocados em outro recipiente. “Sempre lembrando de fechar com tampa ou filme plástico e refrigerar”, alerta. 

No caso das frutas frescas ou em caldas, a recomendação é colocá-las em uma embalagem separada e guardar apenas até o dia seguinte. "Elas podem azedar", ressalta Carla. 

Aproveite as dicas e bom apetite!
Dicas GNT

terça-feira, 21 de dezembro de 2010

Roma


Uma das mais famosas simpatias para atrair dinheiro no Ano Novo é a simpatia da romã. Ela diz para você chupar sete sementes de romã na noite de Réveillon, embrulhar todas num papel e guardá-las na carteira para ter dinheiro durante todo o ano. 

Os gregos antigos faziam oferendas à deusa Afrodite, a deusa do amor, com romãs, porque eles acreditavam que a romã era a fruta que alimentava o amor. Outros consideram a romã a fruta da sorte e comem romãs na passagem de ano e guardam algumas sementes para ter sorte o ano inteiro.  Além de sorte e amor, a romã é a fruta da saúde, tantos são seus efeitos benéficos.
Seus princípios ativos são: manita, ácido gálico, pelieterina, isopelieterina, grenadina, puricina e tanino. A romã é rica em vitamina A, que ajuda a manter a pele bonita e saudável e ajuda a visão. Também é rica em vitaminas do complexo B (B1, B2, B3, B5, B6), que auxiliam a circulação, aumentam a resistência às infecções, facilitam a eliminação de líquidos, previnem o estresse. Contém também pequenas frações de ferro e cálcio.
Auxilia nos seguintes problemas de saúde:
  • Diarréia e cólicas: preparar um chá com a casca da fruta, fervendo por 10 minutos uma quantidade de 2 colheres de sopa em 1 litro de água. Deixar esfriar e coar. Pode adoçar com mel ou açúcar. Tomar 1 xícara 4 vezes ao dia.
  • Dor de garganta ou inflamações na boca: esta é a indicação mais famosa! Melhora as inflamações de garganta e as aftas bucais. O ideal para esta finalidade seria um chá com as flores da romãzeira, mas são difíceis de serem encontradas, e as folhas também servem. Ferver 1 colher de sopa cheia de folhas e/ou flores da roãzeira em 1/2 litro d’água. Coar, deixar esfriar. Gargarejar várias vezes ao dia. Nas farmácias de homeopatia já existem prontos sprays de romã, que têm a mesma função.
  • Furúnculos e abscessos: usar as folhas amassadas em um cataplasma quente, mas NÃO fervendo, e colocar sobre as lesões que estejam FECHADAS.
  • Solitária: a solitária é uma doença causada por vermes, que é contraída ao comer carne de porco ou de boi cruas ou mal cozidas. Ela prende-se à parede do intestino e alimenta-se do sangue da pessoa e dos alimentos que ela ingeriu, o que vai causando uma fraqueza enorme. Este chá de romã é muito eficaz para expelir a solitária, e é preparado com a raiz. Ferver 4 colheres de sopa de raspas da casca da raiz da romãzeira em 1 litro de água, em fogo baixo, por 30 minutos. Deixar amornar, coar e tomar 1 xícara de 2 em 2 horas, num total de 3 xícaras.
  • Varizes: a romã aumenta a resistência das paredes das veias e pequenos vasos, prevenindo as varizes. Prepare o chá com a casca igual como está descrito acima e tome 2 vezes ao dia.

Chester com banana da terra e farofa de arroz


1 Chester
. 2 xícaras (chá) de vinho branco
. 1 xícara (chá) de suco de laranja
. Sal e pimenta a gosto
. 50g de margarina
Farofa:
. 3 xícaras (chá) de arroz
. 4 colheres (sopa) de azeite
. 1 cebola picada
. 2 dentes de alho picados
. 4 xícaras (chá) de caldo de legumes
. 3 colheres (sopa) de margarina
. 1 pimentão vermelho cortado em cubos
. 1 pimentão verde cortado em cubos
. 1 cenoura ralada
. 1/2 xícara (chá) de uva passas
. 1/2 xícara (chá) de nozes picadas
. 2 ovos mexidos
. 1 xícara (chá) de farinha de milho
. Salsa picada a gosto
. 4 bananas da terra cortadas em tiras

Modo de Preparo

Farofa: Em uma panela, aqueça duas colheres de azeite, doure a cebola e o alho. Coloque o arroz e mexa bem. Acrescente o caldo de legumes e deixe cozinhar. Reserve. Em uma frigideira, aqueça a margarina com o restante do azeite, e refogue os pimentões. Junte a cenoura, as passas, as nozes, os ovos mexidos e a farinha de milho. Desligue o fogo e misture delicadamente o arroz pronto.
Em uma assadeira, coloque o Chester, tempere com o suco de laranja, o vinho, o sal e a pimenta. Recheie a ave com a metade da farofa e reserve o restante. Costure ou prenda com palitos para quando assar o recheio não sair. Cubra com papel alumínio e deixe na geladeira por 1 hora no mínimo. Coloque sobre a ave pedacinhos de margarina e asse no forno preaquecido a 220ºC durante 50 minutos. Retire o papel alumínio, regue de vez em quando com o caldo que se formou e deixe dourar.

Montagem: Em uma grelha, derreta um pouco de margarina e doure as fatias de banana. A medida que for tirando as fatias da grelha, molde-as em círculo, apertando as pontas para fixar (2 fatias aproximadamente para cada aro). Acomode-os em torno do chester e recheie cada aro de banana com o restante da farofa. Sirva em seguida.
Dica: Para moldar a banana, use cortadores de 10 cm de diâmetro
M Mulher

Bons fluidos em 2011

Além das simpatias e da cor da roupa que você vai vestir na virada do ano, as plantas podem ser aliadas para começar 2011 com o pé direito. Aprenda quais espécies ter por perto para atrair o que você deseja

Por Casa e Jardim Online
Branco para a paz, rosa para o amor, vermelho para a paixão, amarelo para o dinheiro... De acordo com a crença popular, a cor da roupa escolhida para passar o réveillon ajuda na realização dos desejos de cada um para o próximo ciclo do calendário. Se você compartilha dessa fé, saiba que dá para renovar as energias com a auxílio das plantas. Isso porque o uso de cada espécie também pode influenciar na entrada do novo ano. “Plantas e flores vivas atraem boas energias quando colocadas em casa em qualquer época do ano, mas devemos considerar que nossas intenções ajudam a reforçar seus significados. E o final do ano é uma época na qual estamos especialmente envolvidos em trazer ‘bons ventos’ para nossas vidas”, diz a consultora de Feng-ShuiSusana Chaves Iannarelli.

Segundo a especialista, além de associar as cores das flores com o mesmo sentido que usamos nos tons das roupas, dá para escolher as espécies, baseando-se no que você deseja atrair nos próximos 12 meses. Aqui, ela dá algumas dicas, que você pode aproveitar na hora de decorar o ambiente da festa, com arranjos ou mesmo para renovar o jardim:
Arquivo/Casa e Jardim
PROSPERIDADE
flor-da-fortuna promove o equilíbrio nos ganhos e na estabilidade. A árvore-da-felicidade tem o mesmo propósito. Já o bambueiro traz boa sorte, sucesso e prosperidade 
Arquivo/Casa e Jardim
ESPIRITUALIDADE
As violetas são muito usadas para o desenvolvimento do lado espiritual 
Arquivo/Casa e Jardim
TRABALHO
lírio-da-paz ajuda no crescimento profissional. As folhas da jiboia cumprem a mesma função 
Arquivo/Casa e Jardim
SUCESSO
Bromélias ativam a área do sucesso por serem pontiagudas e representarem o elemento fogo. Assim como a espada-de-são-jorge, que é mais bem utilizada em áreas externas 
Arquivo/Casa e Jardim
FAMÍLIA
Árvores são benéficas para promover a estabilidade familiar. Se você não tem espaço, os bonsais são alternativas 
Shutterstock
AMIGOS
Prefira plantas com flores brancas, como o lírio-da-paz e a margarida. Parreiras também incentivam os grupos
Arquivo/Casa e Jardim
RELACIONAMENTOS
As rosas estimulam o amor e atraem anjos mais elevados. Lembre-se de retirar os espinhos. O jasmim também incentiva o romance

Lombo Recheado jamie

10 surpresas de Natal

O motivo da comemoração é sempre o mesmo. A família e os bons amigos também não mudam. Mas a tradicional celebração anual pode e deve ter novidades. Veja as dicas de decoração, as sacadas e as receitas para você fazer uma festa como nenhuma outra

Texto Patricia Oyama | Fotos Rogério Voltan | Realização Cláudia Pixu | Produção Henrique Morais
Valor agregado

Se você não gosta de ver ninguém sem presente, invista no “feito à mão” e capriche na apresentação: cookiescaseiros oferecidos numa caixa com fita derretem o mais durão dos corações.

 Foto Rogério Voltan

 Foto Rogério Voltan


Saco de Natal

Fazer um embrulho bonito e esticadinho com papel de presente é um talento que nem todo mundo tem. Se você não foi abençoado com esse dom, pode investir em pacotes alternativos. Um saco de papel kraft com um detalhe festivo, como bolas e um ramo de pinheiro ou fitas e estrelas presas por um pregador de roupas, também faz bonito e marca pontos no quesito originalidade.

 Foto Rogério Voltan
Mix iluminado
Sempre há um jeito novo de fazer a festa brilhar. Aqui a brincadeira é misturar diferentes tipos de luzinhas. Bolas penduradas em alturas variadas completam a cortina iluminada.
 Foto Rogério Voltan
Abajur em festa
Você pode optar por uma árvore superclean, como nossa sugestão com bolas prateadas. Mas também pode deixar o minimalismo para lá, escolher uma peça mais rococó como base e misturar cores, luzes, heras e tudo o mais a que você tem direito. É Natal!

 Foto Rogério Voltan
Bolas de bandeja
Dê um descanso para o tradicional pinheirinho. Você só
precisa de um prato de andares e algumas bolas de Natal para
montar uma árvore original. Eleja uma cor, como o prata, e
brinque com enfeites de formatos diferentes para um
efeito muito elegante.
 Foto Rogério Voltan
Dois em um
No lugar da etiqueta, coloque um porta-retratos com a foto
dos presenteados. Ele ajuda quem ainda não aprendeu a ler a
achar seu pacote e depois pode virar um enfeite para a árvore

 Foto Rogério Voltan
Arranjo embutido
Tem vasos de parede em casa? Então, seu arranjo já está
praticamente pronto. Basta “plantar” neles bolas, laços, ramos
de pinheiro e outros elementos com vocação natalina.
 Foto Rogério Voltan
Brinde diferente
Martíni de lichia, de Silvia Sivieri. Copos e bandeja
Roberto Simões; bolas Empório das Flores


 Foto Rogério Voltan
Comemore sentado
Pendurar estrelas coloridas no encosto das cadeiras é o tipo
de detalhe ultrassimples de fazer e que ajuda a casa toda a
entrar no clima de celebração.
 Foto Rogério Voltan
Dúzia de doces
Surpresa boa na hora do cafezinho: use uma bandeja de ovos
para servir doces e bombons. Não se esqueça de envolver os
quitutes num papel bonito, para deixar tudo mais apetitoso.
Reportagem CASA e JARDIM

Decoracao de Natal



























sábado, 18 de dezembro de 2010

Tender


Ingredientes

· 1 tender com osso de 2 e 1/2 kg
· 30 cravos-da-índia
· 1 xícara (chá) de mel
· 1/2 xícara (chá) de suco de laranja
· 2 colheres (chá) de casca de laranja cortada em tiras finas
· Favas verdes e compota de maçã (compradas prontas) para acompanhar

Modo de preparo

Com uma faca bem afiada, desenhe pequenos losangos na pele do tender. Espete na ponta de cada losango um cravo. Misture o mel, o suco e a casca de laranja. Use metade da mistura para pincelar o tender. Leve ao forno preaquecido por 40 minutos, regando com o restante do molho.

Junte um pouco de água na assadeira, raspe bem, regue o assado e deixe por mais 15 minutos. Coe o molho da assadeira e sirva à parte numa molheira. Acompanhe o tender com favas verdes e compota de maçã.
 

Pernil picante com farofa de Banana



Ingredientes:

. 2 cebolas grandes raladas
. 6 dentes de alho picados
. Sal a gosto
. 3 pimentas dedo-de-moça picadas
. 1 colher (sopa) de pimenta calabresa
. 1 colher (sopa) de pimenta-do-reino moída grosseiramente
. 1 pernil de aproximadamente 3 Kg
. 2 folhas de louro
. 2 xícaras (chá) de vinho branco seco
Farofa:. 4 bananas nanicas maduras e firmes
. Óleo para fritar
. 3 colheres (sopa) de manteiga
. 1 cebola picada
. 3 dentes de alho picados
. 500 g de farinha de mandioca
. Sal a gosto
. 1 xícara (chá) de salsa picada
. 100 g de castanha-do-pará picada

Modo de preparo:

Em uma tigela, misture a cebola, o alho, o sal e as pimentas. Com uma faca, faça furos no pernil e coloque porções do tempero. Com o restante passe com as mãos em toda a carne. Coloque em uma assadeira junto com o louro e regue com o vinho. Tampe com papel-alumínio e leve à geladeira de um dia para o outro, regando a carne com a marinada de vez em quando. Asse no forno preaquecido a 220°C durante 3 horas, regando com o molho que se forma na assadeira. Retire o papel-alumínio e deixe assar até dourar.
Farofa: Em uma frigideira, aqueça o óleo e frite as rodelas de banana até ficarem douradas. Coloque-as sobre papel-toalha para retirar o excesso de gordura. Reserve. Em uma frigideira, derreta manteiga, doure a cebola e o alho. Misture a farinha de mandioca, o sal, a salsa e as rodelas de banana reservadas. Coloque o pernil em uma travessa e, ao redor, a farofa salpicada com a castanha-do-pará. Sirva em seguida.
 

Alho Negro

Peru de Natal




Para o peru

  • 1 peru (3-4 kg)
  • 1 xícara (chá) de vinho branco seco
  • 1/2 xícara (chá) de vinagre de vinho branco
  • 1 colher (sopa) de sal
  • 5 dentes de alho amassados
  • 1 cebola ralada
  • 1 folha de louro
  • 1/2 xícara (chá) de cheiro-verde picado

Para o recheio

  • 6 xícaras (chá) de pão picado
  • 3/4 xícara (chá) de leite
  • 1 xícara (chá) de bacon picado
  • 1 cebola picada
  • 2 dentes de alho amassados
  • Miúdos do peru, cozidos e picados
  • 200 g de presunto picado
  • 1 colher (chá) de sal
  • 2/3 xícara (chá) de azeitona picada
  • 1 xícara (chá) do caldo do cozimento dos miúdos
  • 3 ovos cozidos picados
  • 1 xícara (chá) de cheiro-verde picado

Para assar

  • 1 xícara (chá) de óleo

Para decorar

  • Cerejas, fisalis e uvas

modo de preparo

Limpe e lave bem o peru. Faça uma marinada com todos os temperos, tempere o peru e deixe marinando na geladeira de um dia para o outro.

Recheio

Coloque o pão de molho no leite. Frite o bacon, retire metade da gordura, adicione a cebola e o alho e deixe dourar. Acrescente os miúdos, o presunto, o sal, a azeitona picada, o caldo e deixe levantar fervura. Retire do fogo e junte o pão, o ovo picado e o cheiro-verde, misture bem e deixe esfriar. Recheie o peru e feche a abertura com palitos trançados. Coloque em uma assadeira forrada com papel-alumínio e regue com o óleo. Cubra totalmente com papel-alumínio e leve ao forno quente (200°C). Enquanto assa, vá regando com a marinada. Quando estiver completamente assado, retire o papel e deixe dourar. Para servir, decore com cerejas, fisalis e uvas. Acompanhe com a Farofa de Castanhas.

Dica Prática!

A melhor maneira de temperar o peru, para que pegue bem o sabor dos temperos, é colocá-lo dentro de um saco plástico para alimentos, junto com os temperos. Feche muito bem o saco, com um araminho ou com um nó. Deixe na geladeira e sacuda várias vezes para temperar todo o peru por igual.