Quem sou eu

Minha foto
Sao Paulo, SP, Brazil
Uma pessoa que adora ficar na cozinha preparando quitutes

Pesquisar este blog

Carregando...

domingo, 3 de outubro de 2010

Framboesa


framboesa (Rubus idaeus) é frequentemente confundida com a amora (Morus sp). Seu sabor suave e adocicado é utilizado para diversas finalidades.
Diferente da amora, a framboesa possui um fruto oco e, além disso, seu cultivo é mais delicado. É necessário que a planta seja submetida a pelo menos 700 horas por ano a temperatura inferior a 7 °C.

A framboesa, por possuir grande capacidade de propagação, a cada três ou quatro anos, as touceiras precisam ser desmanchadas e as mudas transplantadas em outro local, para que a concorrência entre os ramos não afete a produção. Os frutos começam a aparecer um ano e meio após as mudas serem levadas para o local definitivo.
Após a época de frutificação, deve-se fazer o desbaste das plantas, retirando-se todos os galhos que produziram. O desponte (poda verde) deve ser feito quando as plantas atingirem entre 1,10 m e 1,20 m de altura.
A framboesa também se caracteriza por ser um pouco mais rasteira que a amora. Mesmo assim, não se recomenda a formação de parreiras, já que ela só produz nas extremidades do ramo. Deixá-la crescer no canteiro, desde que obedecidas as indicações de poda e desbaste, é a melhor solução para se obterem mais frutos. Outra recomendação importante para manter regular a produção é não deixar mais de 5 a 7 hastes por planta. Desse modo, conseguem-se frutos de maior tamanho.
Se o pH do solo estiver em torno de 5,0 a 5,5, não é necessário o uso de calcário. Abaixo disso, aplica-se o produto para corrigir sua acidez. Solos férteis também dispensam adubação química. Já para os mais fracos, recomenda-se o uso de 25 gramas de adubo à base de 10-20-10 (NPK), para cada metro quadrado de área plantada.

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.

Um comentário:

Eu Mulher disse...

Que linda framboesa! Gostaria muito que por aqui tivesse com mais frequência essa belezura.

Bjs